Novos procedimentos de segurança de vôos nacionais e internacionais

Com o avanço do COVID-19, se tornam necessárias novas medidas sanitárias para reforçar a proteção dos passageiros e profissionais.

Sabendo da situação do vírus que se espalha com alta facilidade, a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) divulgou novas medidas sanitárias para a aviação civil no País. 

Criou-se um protocolo sanitário, a pedido do Ministério da Infraestrutura, no qual reforça o uso de máscara pelos passageiros durante toda a viagem, regras para o serviço de bordo e a manutenção do distanciamento social de pelo menos dois metros nos aeroportos.

As principais medidas são o distanciamento de pessoas nos aeroportos, a higienização dos locais e aeronaves e o uso dos equipamentos de proteção individual pelos funcionários do setor aéreo.

Outras diretrizes a serem adotadas pelas companhias aéreas e aeroportos de acordo com a ANAC, são medidas como:

• Incentivo às campanhas de comunicação visando a prevenção e combate ao Covid-19;

• Divulgação de avisos sonoros nos voos, áreas de embarque e desembarque nacionais e internacionais;

• Distanciamento de 2 metros entre pessoas no aeroporto;

Desestímulo a aglomerações nas praças de alimentação de aeroportos e em espaços de check-in de embarque e, especialmente, desembarque dentro das aeronaves;

Para aqueles que pretendem sair do Brasil, a Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda que viagens internacionais sejam realizadas apenas em casos de efetiva necessidade. Para esses casos, aconselha-se verificar junto ao posto consular brasileiro ou sites oficiais do país de destino quais as medidas recomendadas pelas autoridades de saúde locais, bem como adotar medidas de precaução padrão ao chegar ao exterior.

Consulados para consulta: Grécia, Eua , Portugal , Argentina , Italia e outros

Medidas de Prevenção das companhias aéreas:

As companhias aéreas também precisam ter os seus próprios procedimentos no embarque, transporte e chegada do passageiro para que ele tenha a menor chance possível de se contaminar durante o voo.

Com isso, foram adotadas medidas de prevenção e uma grande melhoria na limpeza de cada aeronave, confira:

Gol

Retirado do canal oficial – GOL Linhas Aéreas Inteligentes

A Gol acredita que a combinação de conhecimento e processos com empatia e transparência é a forma mais poderosa e eficaz de lidar com um contexto complexo como esse e está em contato frequente o Ministério da Saúde e a ANVISA para para se manter informados dos protocolos de prevenção e controle.

Adotando algumas medidas como:

• Aeronaves que contam com um sistema de filtro de ar para purificação

• Higienização completa dos aviões

• Fácil acessibilidade aos suportes de álcool em gel

• Disponibilização de modos de reembolsos de viagens

• Exames médicos nos colaboradores

• Além disso a Gol responde a perguntas específicas no site oficial da empresa.

Azul

Retirado do canal oficial – Azul Linhas Aéreas Brasileiras

De acordo com a empresa ‘’ No cenário que estamos vivendo, com os desdobramentos do coronavírus (COVID-19), temos o compromisso de manter todos informados sobre o que a Azul tem feito para se adequar e para promover um ambiente seguro, saudável e com o máximo de conforto.’’

Adotando medidas como:

• Limpeza a cada novo voo

• Limpeza profunda a cada novo período de voos

• Álcool em Gel e lenços desinfetantes disponíveis para todos os nossos Clientes e Tripulantes

• Tripulantes com máscara e luva

• Aferição da temperatura dos Tripulantes

• Utilizando o mesmo filtro utilizado pela GOL para purificação do ar, a empresa torna obrigatório o uso de máscaras pessoais e disponibiliza mais informações em seu site.

Latam 

Retirado do canal oficial – LATAM Airlines

De acordo com a Latam:’’ Estamos comprometidos com a segurança e tranquilidade de nossos colaboradores e clientes, estamos adotando todas as recomendações que a Organização Mundial da Saúde e as autoridades locais estão definindo dentro das diferentes regiões em que operamos.’’

As medidas tomadas pela Latam foram:

• Reforço da tripulação com o procedimento de como agir e a quem notificar perante um caso suspeito no voo.

• Implementamos comunicações a bordo de acordo com os requisitos locais de alguns países no momento de chegadas dos nossos voos

• Fornecimento de elementos de proteção para a equipe que recebe voos internacionais

• Protocolos de monitoramento e atendimento médico para funcionários

• Procedimento especiais de limpezas em aviões

• Melhora no armazenamento de itens de proteção pessoal dentro do avião

• Álcool em gel no banheiro de todos os aviões.

• Aviões com sistema de recirculação de ar 

A Latam também mostra algumas recomendações do que se fazer antes mesmo do voo para se prevenir do COVID 19 no site oficial da empresa.

Emirates

Retirado do canal oficial – Emirates

A Emirates divulgou medidas multifacetadas para atendimento a funcionários e clientes em todas as etapas da viagem, redefinindo os padrões de segurança e higiene a bordo e no solo. 

Essas são algumas das medidas tomadas:

• Kits de higiene gratuitos para todos os passageiros no check-in do aeroporto e nos voos de Dubai (incluindo máscaras, luvas, toalhetes, antibacterianos e desinfetante para as mãos)

• Luvas e Máscaras se tornam obrigatórias para passageiros e funcionários

• Scanners Térmicos em várias áreas para monitorar a temperatura dos passageiros

• Indicadores colocados no chão para manter o distanciamento entre as pessoas

• Esterilização de talheres e pratos

• Equipe realizando testes de Covid-19

• Filtros de ar funcionando no avião

• Limpeza frequente dos ambientes do avião

Todas essas medidas, em combinação com as estratégias proativas de gerenciamento de pandemia adotadas pelos Emirados Árabes Unidos, mostram a seriedade com que estamos levando a saúde e a segurança de nossas comunidades locais e globais e daremos confiança ao público ”, disse Adel Al Redha, Diretor de Operações da Emirates.

As demais companhia aéreas, seguem o mesmo conjunto de regras e diante da situação da Pandemia causada pelo COVID-19, estão sendo bem flexíveis para alterações de voos. Caso você tenha um voo contratado e queira adiar sua viagem, a maioria das companhias tem estendido a validade de seus bilhetes para utilização em até 12 meses. Essa regra varia de empresa para empresa.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *